28 fevereiro 2010

Movimento por Marvão divulga nota de imprensa "CTT - Um caso problemático"...


Tendo tido conhecimento da nota de imprensa do passado dia 22 de Fevereiro subscrita pelo Município de Marvão quanto à intenção manifestada pela Direcção de Serviço a Clientes do Centro Sul dos CTT em ver reduzido o horário de funcionamento da estação de correios da vila de Marvão, cumpre ao Movimento por Marvão, enquanto pólo dinamizador de um espaço de intervenção cívica neste concelho, expressar a sua concordância com a posição defendida pela autarquia.

O grupo CTT, não obstante a sua natureza privada, tem a seu cargo obrigações de interesse público, objecto de um contrato de concessão claramente definido, incumbindo-lhe em exclusivo prestar os seus serviços em todo o país a fim de assegurar efectivamente um serviço postal universal.

A redução do horário de funcionamento da estação de correios de Marvão, tal como aquela Direcção pretende levar a cabo, mantendo um serviço, que é público, disponível apenas uma hora e meia por dia afigura-se claramente contrária aos fins da referida concessão e fortemente penalizadora de todos os utentes. Desta forma, todos os seus utentes, sejam pessoas singulares ou colectivas, públicas ou privadas, passam a estar limitados à utilização dos serviços prestados pelos CTT o que se traduz na inversão da lógica presente no conceito de serviço público, ou seja, ficará o cidadão ao dispor do serviço em vez de ser este ao dispor do cidadão. Em última análise, reduzir o funcionamento da estação de correios da vila de Marvão a uma presença quase insignificante conduzirá, num futuro, que se receia próximo, ao fecho total destes serviços no próprio concelho.

Cumpre lembrar também que esta mesma Direcção está vinculada aos princípios constantes da carta de ética que rege o funcionamento dos CTT, na qual se pode ler: “(…) Pelo seu impacto na sociedade portuguesa, com presença em todo o território nacional, chegando aos lugares mais remotos, com um peso elevado no nível de emprego e na produção de riqueza, e enquanto veículo de reforço competitivo do tecido empresarial nacional:

“(…) Os CTT – Correios de Portugal têm por Missão o estabelecimento de ligações físicas e electrónicas, entre os cidadãos, a Administração Pública, as empresas e as organizações sociais em geral. A sua tradição postal será progressivamente reforçada e alargada às actividades e áreas de negócio onde a vocação logística e comunicacional da Empresa possa ser eficientemente colocada ao serviço dos Clientes (…); Na prossecução da sua actividade, os CTT adoptam como Visão: Os CTT – Correios de Portugal serão uma poderosa plataforma multiserviços, visando a satisfação das necessidades dos cidadãos e dos agentes económicos, através de uma rede comercial e logística de elevada qualidade, eficiência e proximidade do Cliente. (…); Serão um elemento essencial do desenvolvimento social e económico do país, contribuindo para a melhoria dos padrões de qualidade de vida dos clientes e dos trabalhadores, mercê de uma dinâmica, de uma cultura de serviços e de um sentido de responsabilidade social irrepreensíveis (…)”.

É forçoso concluir que tal medida tem um impacto negativo no concelho de Marvão, afectando directamente o quotidiano de quem procura e precisa destes serviços, constituindo, assim, (mais) um factor responsável pelo retrocesso social e económico do interior.

Pelo exposto, o Movimento por Marvão manifesta também a sua discordância com tal medida, apelando à Autarquia para dar conhecimento a todos os munícipes das razões que fundamentaram esta decisão por parte daquela Direcção.

27 fevereiro 2010

Barragem do Fratel em descarga...


Dois vídeos da Barragem do Fratel a 27 de Fevereiro de 2010 a fazer descarga, em virtude das grandes chuvadas que tem caído nos últimos dias.
...

Vídeo 1



Vídeo 2


26 fevereiro 2010

Refeitórios dos Hospitais de Portalegre e Elvas em Greve...



As trabalhadoras dos refeitórios dos Hospitais de Portalegre e Elvas, com gestão da GERTAL - Companhia Geral de Restaurantes e Alimentação estiveram no passado dia 25 de Fevereiro de 2010 em greve, inserida numa acção de luta nacional, convocada pela FESAHT - Federação dos Sindicatos da Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo, com o objectivo de lutar pela revisão do contrato colectivo de trabalho, tendo em vista a não retirada de direitos.

Tanto em Portalegre como em Elvas a taxa de adesão à greve foi de 90%. Em Elvas as trabalhadoras deslocaram-se para a concentração de protesto junto à sede da Associação Patronal AHRESP em Lisboa.

Em Portalegre, as condições de trabalho, a pressão, as ameaças e assédio constante contra as trabalhadoras exercidas pela GERTAL, justificaram a presença das grevistas nas imediações do local de trabalho.

No turno da manhã a empresa GERTAL violou a greve, ao ter chamado 4 trabalhadores que estavam de folga para substituírem as grevistas.

Tendo em conta esta situação as trabalhadoras deslocaram-se à ACT - Autoridade para as Condições de Trabalho de Portalegre, no sentido de intervirem, levantando os respectivos autos de infracção.

O Sindicato de Hotelaria do Sul e as suas associadas tiveram também uma reunião com a nova Administração do Hospital, no sentido de os informar dos motivos da greve, deixando um alerta sobre as condições de pressão em que as trabalhadoras prestam o seu serviço, que as leva ao esgotamento e a problemas de saúde grave.

25 fevereiro 2010

Notícia da Rádio Portalegre...

"Greve: Dirigente sindical acusa empresa que gere refeitório do hospital Portalegre de “violar a lei”

O dirigente do Sindicato da Hotelaria do Sul, Fernando Gomes, acusou hoje a empresa que gere o refeitório do hospital de Portalegre de “violar a lei” por estar a recorrer a funcionárias que estavam de folga esta quinta-feira, para suprir a falta de trabalhadoras que estão em greve.

Fernando Gomes adiantou que a adesão à greve nos refeitórios dos hospitais de Portalegre e de Elvas foi de 90 por cento no turno da manhã.

A greve de 24 horas foi convocada pela FESAHT, Federação dos Sindicatos da Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo, como forma de exigir o respeito pelos direitos dos trabalhadores e a negociação efectiva do contrato colectivo de trabalho.

Gabriel Nunes"

Trabalhadores/as da Gertal do Refeitório do Hospital de Portalegre estão hoje em greve...


Em Portalegre, no Refeitório do Hospital de Portalegre, gerido pela empresa GERTAL - Companhia Geral de Restaurantes e Alimentação, os e as trabalhadores/as farão hoje, 25 de Fevereiro de 2010 greve. Exige-se o fim da pressão, assédio e perseguição que tem havido naquele local de trabalho e que resulta na abertura de diversos processos disciplinares inventados pela Direcção do Refeitório.

A Greve exige assim, melhores condições de trabalho.

Em Portalegre, nos dias que antecederam esta greve houve ameaças e pressões às trabalhadoras com a exigência da assinatura de um documento a dizer que não iriam fazer greve e ao mesmo tempo chamando para trabalhar quem pertence estar de folga. Estas situações são uma violação grosseira do direito à greve e da Lei da Greve.

Estarei a partir das 7:30 apoiar as trabalhadoras da Gertal do Refeitório do Hospital de Portalegre.

24 fevereiro 2010

Os exemplos políticos caem de podridão... "Preso político cubano morre devido a greve de fome".




O preso político cubano Orlando Zapata Tamayo morreu, ontem, no hospital Hermanos Ameijeiras, em Havana, onde estava internado.

Orlando Zapata Tamayo, de 42 anos, foi transportado na noite de segunda-feira do hospital da prisão Combinado del Este, em Havana, para o Hermanos Ameijeiras, devido a um estado de saúde "muito grave", segundo a Comissão Cubana de Direitos Humanos e Reconciliação Nacional (CCDHRN).

De acordo com a Comissão Cubana de Direitos Humanos este é o primeiro preso político cubano a morrer na prisão desde a década de 70.

Preso desde Março de 2003, realizou uma prolongada greve de fome, em protesto pelas condições da prisão, que deterioraram a sua saúde.

Zapata, considerado pela Amnistia Internacional como um preso político, foi inicialmente condenado a três anos de prisão, mas outras condenações elevaram a pena para mais de 25 anos.

O Governo cubano não reconhece a existência de presos políticos no país - cerca de 200 segundo a dissidência – por os considerar "mercenários" ao serviço dos Estados Unidos.

Fico à espera de uma vigília da esquerda Portuguesa contra esta morte...




20 fevereiro 2010

19 fevereiro 2010

Caminhada " II Rota da Água - Fonte de Vida "

.
A Portus Gladii - Associação Cultural, Desportiva e Recreativa do Porto da Espada vai organizar a caminhada "II Rota da Água - Fonte de Vida" com partida do recinto da Casa do Povo do Porto da Espada.



18 fevereiro 2010

Há talento à solta... (2)

Peças de arte em exposição no Percursos.

Dois desenhos da autoria de José Neves. Sou suspeito para formular qualquer opinião, mas não há duvida que são excelentes. Como já disse sobre um outro desenho, "há talento à solta "e agora completo dizendo, que é preciso não o deixar fugir...

Obrigado!






17 fevereiro 2010

Ainda a propósito das Comidas d'Azeite...


Por diversas razões que não importam para o caso, foi a primeira vez que participei numa edição das Comidas D'Azeite. Uma excelente iniciativa que já vai na sua 5.ª edição e que este ano contou com o serviço do Restaurante Varanda do Alentejo. Qualidade e Inovação. Uma óptima refeição que culminou com o contraste de sabores da sobremesa, o azeite, as frutas e o mel, que delicia... Queremos mais!

Mas como nem só de comida vive o homem e a mulher, eis que os participantes no almoço das Comidas D'Azeite foram, ao longo do belo repasto, brindados com a boa música do CantAreias.

Este Grupo de Música Popular Portuguesa foi fundado em Outubro de 1997 em Santo António das Areias, concelho de Marvão.

Aqui deixo alguns dos temas que tivemos a oportunidade de ouvir no passado dia 06 de Fevereiro de 2010 no Porto da Espada.

Vídeo 1



Vídeo 2



Vídeo 3


11 fevereiro 2010

Nós apoiamos o Governo Socialista!

.
Aderi a um grupo no Facebook, intitulado, "Nós apoiamos o Governo Socialista!", mas a minha adesão foi condicionada.
Como o texto que deixei no Facebook sintetiza o que penso actualmente do partido Socialista e do actual governo, aqui o deixo o comentário:
"Bom, aderi a este grupo, mas com pouco entusiasmo. Apenas porque ainda sou militante do PS. Porque este governo não é o que idealizei para o Partido de esquerda a que aderi aos 20 anos. Mas como costumo dizer, os princípios são princípios e as práticas passam com os tempos.
Uma coisa tenho a certeza... esta lideranca passou de moda. Não vale a pena meter a cabeca na areia. Quêm não se dá ao respeito não pode pedir que o respeitem.
É claro que há muitas matérias ligadas a processos e escutas que são manipuladas de forma grosseira, mas a verdade é que "quem semeia ventos, colhe tempestades" e nestes casos o autoritarismo, a arrogância e prepotência, estão a pagar-se caro.
O Partido Socialista precisa de acordar...
.

Em Madrid, Espanha, de visita à Fundacão 1.º de Maio...

.
Tendo em conta o Projecto de preservacão, organizacão e valorizacão do acervo documental da CGTP-IN que estamos a desenvolver, decidimos visitar a Fundacão 1º de Maio, que faz a gestão dos Arquivos das Comissiones Obreras. Assim, eu e o Técnico Superior de Arquivo da CGTP-IN, estamos em Madrid. Não dá para grandes apontamentos aqui no Percursos porque não tenho internet no Hotel.
Hoje o dia foi ocupado a conhecer todo o trabalho da Fundacão. Amanhã seremos recebidos nas Comissiones Obreras onde iremos conhecer o seu Centro de Documentacão e teremos um encontro político com o responsável directo da Fundacão e o Secretário Internacional das CC.OO.
.

09 fevereiro 2010

Comidas D'Azeite - Homenagem aos produtores de Azeite, pelo método tradicional...


Dia 06 de Fevereiro de 2010, a Cooperativa Agrícola do Porto da Espada e a Câmara Municipal de Marvão prestaram uma homenagem aos produtores de azeite que possuíram ou ainda possuem lagares de azeite com produção pelo método tradicional.


Os Homenageados
António Picado Nunes-Lagar dos Galegos, João Sequeira Carlos-Lagar do Porto da Espada, Joaquim Carrilho Lourenço Ventura-Lagar das Golas (Porto da Espada), Manuel Oliveira Mourato e Casimiro Meira Conchinha-Lagar da Abegoa e João Carrapiço Afonso do Lagar da Escusa, representado pelo filho devido a doença.

Comidas D'Azeite - A importância do Azeite na dieta mediterrânica...


Sábado, 06 de Fevereiro de 2010 decorreu no Porto da Espada, Marvão, a 5.ª edição das "Comidas D'Azeite". Logo pela manhã pudemos assistir a uma iniciativa onde intervieram diversos oradores, com moderação do Presidente da Câmara Municipal de Marvão, abordando vários temas. Assim tivemos:

Carlos Baeta, médico - A importância do Azeite para a dieta mediterrânica.
José Boto, empresa Nunes Sequeira - A azeitona galega para conserva.
José Silvério, Pres. Cooperativa San André, Espanha - Produção azeite Extremeño




08 fevereiro 2010

Uma noite de samba nas ruas de Porto Alegre, Brasil...


Numa das últimas noites, em que estivemos no Fórum Social Mundial, em Porto Alegre-Brasil, fomos surpreendidos por uma multidão que enchia a avenida onde ficava o hotel de muitas delegações estrangeiras. Era noite de samba.

Ao aproximar-se a época do Carnaval, todas as escolas de samba saem à rua numa espécie de ensaio. Ainda pudemos assistir ao desfile completo da Escola Samba "O Imperador". O ritmo e a alegria são uma constante do desfile.

Aqui fica o registo...

Vídeo 1



Vídeo 2



Vídeo 3



Vídeo 4



Vídeo 5


04 fevereiro 2010

Em defesa da lingua galega...

.
Amanhã sexta feira, vai ser apresentado em Lisboa, o livro 55 mentiras sobre a lingua galega, do professor da Universidade de Vigo Henrique Costas.

A apresentação nasce como uma iniciativa da Plataforma Prolingua como argumento contra a campanha que a língua galega está a sofrer no próprio território onde se fala, e que quer limitar a cotas residuais a sua presença no ensino na Galiza.

O acto decorrerá simultaneamente em 70 localidades de todo o mundo para dar a conhecer internacionalmente o facto. Em Lisboa, apresentar-se-á na sexta 5 de Fevereiro às 21:30 na Casa do Brasil, sita na Rua São Pedro de Alcântara, 63, 1º dto.

Apareçam e ajudem à difusão!

Música tradicional da zona gaúcha - Rio Grande do Sul, Brasil...



Xesús Boán ( Galiza ), Fernando Gomes e Hugo Bosca (Uruguay)



A quando da minha estada no Brasil, Porto Alegre, tive oportunidade de ir jantar a um local em que já tinha estado em 2005. Foi bom recordar...

O Galpão Crioulo, foi criado em 1984 recuperando um casario tradicional. Todas as noites apresenta ao seus clientes um espectáculo gaúcho, com influência Argentina.

Vejam aqui alguns excertos:

Vídeo 1



Vídeo 2



Vídeo 3



Vídeo 4


03 fevereiro 2010

Eu quero ter um novo Presidente - Manuel Alegre...


Estive ao seu lado na candidatura a Secretário-Geral do Partido Socialista em 2004.

Em 2005 candidatou-se à Presidência da República, como independente e apoiado por cidadãos, tendo obtido mais de 1 milhão de votos nas eleições presidenciais de 22 de Janeiro de 2006, ficando em segundo lugar e derrotando o candidato oficial apoiado pelo PS.

Na altura fiz parte, com o empenho que me foi possível, da Comissão Política Nacional e da Comissão de Honra da candidatura de Manuel Alegre a Presidente da República.

Nas próximas eleições estarei novamente a apoiar Manuel Alegre.


Aproveito para deixar um texto de Sebastiá Bennasar publicado Diário das Baleares:



Crónicas Portuguesas
Por um presidente poeta

Por Sebastiá Bennasar/Diari de Balears, 20.01.2010

Talvez Alegre, com as suas ideias e a sua capacidade de imaginar um Portugal melhor, seja capaz de aglutinar à sua volta os votos das esquerdas. Veremos se o Partido Socialista o apoia. Se o não fizer, corre o risco de voltar a deixar a Presidência da República nas mãos do candidato das direitas. A bola está na mão dos socialistas, mas a mim agrada-me pensar que Portugal pode ter um presidente poeta.

Saíram os resultados das sondagens sobre leitura nas Ilhas Baleares e são francamente deploráveis. Diz o companheiro da secção de cultura que falta agora ver a extensão do desastre, quando forem publicados os índices de leitura em catalão. A situação é mais do que preocupante, porque a falta de ideias, a falta de lucidez e a incultura conduzem, de maneira clara e desesperante, a uma população medíocre, conformista e virada para o consumismo, em favor de interesses que estão na origem desta crise, de que começa a haver alguns sinais de recuperação na Europa.

Assim não há maneira de se questionar nada, de se iludir com nada. Porque os leitores não desenvolvem a capacidade de imaginação, não são capazes de acreditar na possibilidade de um país melhor, diferente. Basta-lhes viver na realidade imediata, neste presente desencorajador, à espera da próxima adaptação televisiva ou cinematográfica do próximo livro, que certamente não verão. Antes ver a enésima repetição do Big Brother do que um Shakespeare, nem que seja em versão filmada. Não é que os neurónios se revolucionem e pensem por sua conta (entre nós, tão pouco haveria possibilidade de tais coisas ver, porque passam na TV a horas infames, horas de pintor boémio e não pintor de paredes, às oito no andaime e boa sorte).

Desconheço as sondagens sobre leitura em Portugal e desconheço até se de facto existem. O meu inquérito pessoal demonstra que, pelo menos no metro, se lê menos que em Barcelona, o que pode significar simplesmente que o metro de Lisboa funciona de maneira excelente e que os trajectos não são maiores, ou que os portugueses têm hábitos de leitura mais saudáveis do que as pessoas de Barcelona e quando lêem o fazem cuidadosamente e não entre estação e estação – por exemplo: um trajecto Vallcarca - Zona Universitária dá para trinta boas páginas, está tudo dito!

Mas o que é motivo de encorajamento é que a primeira pessoa que deu passos para ser o novo presidente da República em 2011 foi o poeta Manuel Alegre. Alegre já tinha feito o mesmo em 2006 e com o seu movimento de cidadãos conseguiu mais de um milhão de votos e sobretudo derrotou nas urnas o candidato socialista da altura: um Mário Soares que continua a ter uma grande presença nos media mas para quem passou a hora de voltar a presidir à República que justamente este ano comemora o seu centenário. (...) Alegre fez a sua proclamação na última sexta-feira em Portimão, e desde então a política portuguesa tem de incluir um novo factor em jogo.

O que não pode ser negado a Manuel Alegre é a capacidade imaginativa e de fabulação, retórica e ilusão. Porventura é isso que falta a Portugal neste momento. O criador, entre outras, da história terna de Kurica, Um cão como nós, o único livro seu que pode ser lido em catalão, tem uma história pessoal ligada à esquerda e à luta contra o salazarismo, mas também em favor da democracia participativa.

Depois dos anos do cavaquismo, onde só se falava de economia e de subsídios europeus, a democracia em Portugal parece reduzir-se às habituais arruadas quando se trata de ir a votos. E chega. O governo de Sócrates destes últimos anos foi o governo de esquerda mais à direita e nada fez para que as pessoas se sintam orgulhosas de pertencer a uma democracia. Talvez Alegre, com as suas ideias e a sua capacidade de imaginar um Portugal melhor, seja capaz de aglutinar à sua volta os votos das esquerdas. Veremos se o Partido Socialista o apoia. Se o não fizer, corre o risco de voltar a deixar a Presidência da República nas mãos do candidato das direitas. A bola está na mão dos socialistas, mas a mim agrada-me pensar que Portugal pode ter um presidente poeta. Porventura ando a ler demais.

A minha homenagem a Rosa Lobato Faria... (1932-2010)


A letra é de Rosa Lobato Faria, autora de muitas letras, que foram interpretadas em vários festivais da canção. Neste caso, temos Sara Tavares, em 1994, interpretando o tema "Chamar a música".