25 fevereiro 2009

A Vila de Marvão em promoção do EuroMilhões...


Vou de metro e vejo a Vila de Marvão,


ando nas ruas e vejo Marvão;

vou à Presidência da República e a zona toda cheia de Muppys com a Vila de Marvão... e eu, como sempre a chatear quem ia comigo... "olhem ali, Marvão".

Um dia em que a Vila de Marvão e a torre Eiffel invadiram Lisboa e talvez Portugal.

E já agora, o "excêntrico" sou eu... mas não digam nada a ninguém...



11 comentários:

Catarina disse...

ena, esta ainda não sabia!

Mike disse...

Olha que bem "caçado".
Pena é que por alturas da candidatura a património da humanidade não se tenham lembrado duma coisa assim.
Sempre era capaz de ter dado outra visibilidade.
Agora que temos a Torre Eifel em Marvão....lá vai Elvas ficar a reclamar o Arco do Triunfo ou coisa parecida.

Deseconomias disse...

Fernando, obrigado por teres enviado o email. É bom ver e saber que Marvão é "utilizado" como promoção de uma campanha publicitária!
Por falar na candidatura a património mundial (comentário anterior), lamento profundamente que tenha sido uma péssima decisão para uma candidatura fraca, fora de timming e cujos resultados descaracterizaram profundamente as ruas e a alma de Marvão! Se fosse excêntrico, como Marvanense de coração, começava por aí e voltava a fazer de Marvão o museu vivo que já foi, com os inerentes reflexos em termos turisticos e económicos.

NS

Isabel I disse...

É por Marvão já não ser o museu vivo (?) que era e estar tão descaracterizado que aparece na promoção do euromilhões. Volta Deseconomias, estás perdoado!

Xoné disse...

Lamento Fernando, mas acho que foi o Miguel.

Deseconomias disse...

Não querendo utilizar o blog do Fernando para uma troca de ideias, permitam-me que esclareça que não posso considerar um museu vivo uma localidade sem escolas, com menos serviços, menos residentes, menos jovens e menos comércio do tinha há 15 anos atrás. A longo prazo, isso só se traduzirá em menos turistas e menos actividade económica o que, da minha perspectiva, é negativo para o ambicionado desenvolvimento para o concelho.
Isabel I, as campanhas publicitárias são boas (concordo) mas não são tudo! É preciso reconhecer os problemas e saber atacar a sua raíz em benefício da população de Marvão!
Fechar os olhos a isso não me parece ser a melhor solução, embora obviamente respeite posições diferentes da minha.

Tany disse...

porra pah!!!! um dos pés da Eiffel Tower quase me deu cabo da casa :P

ihihihih

obrigado por partilhares :)

beijinhos ***

Anónimo disse...

Não é só Lisboa! O Porto e o metro do Porto também foram invadidos por essa bela localidade.
Marvão volta a dar que falar!
Beijinhos
Sara

Tongzhi disse...

Cada coisa em seu lugar!
Marvão é bonita sem a torre!!!!

Tany disse...

e agr que voltei a lisboa.. é ver no restelo e em belém e em tudo o que é paragens de autocarros o dito cartaz :D

ihihihih

obvio que ja ninguem me atura :P "olha a minha vila linda e fria..." " olha ali outra vez..."

:D

beijinhos **

Fernando disse...

Bem,
Isto aqueceu por aqui nestes dias em que estive ausente.

Na verdade Marvão sofreu alterações que a muitos de nós não agradam. Numa primeira fase, porque os habitantes da Vila não foram envolvidos.

A Câmara Municipal da altura não aprendeu nada com o I.º Forum Marvão, onde a arquitecta responsável pela recuperação do centro histórico de Guimarães deixou a receita. O envolvimento da população até na escolha dos materiais.

Marvão não seguiu esse exemplo.

Numa segunda fase, quando os problemas com o projecto começaram a dar problemas, a nova Câmara escolheu o caminho mais fácil e não fez as alterações necessárias... mesmo após reuniões com os intervenientes e com a população, que sendo ouvida,não foi respeitada a sua opinião...

A participação das pessoas nestas coisas é essencial. Se este nosso património chegou aos dias de hoje é devido a quem o tem protegido. Os seus habitantes...