21 dezembro 2008

Pensamentos...


"Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas às margens que o comprimem."
BERTOLD BRECHT

3 comentários:

Jose disse...

Vi essa frase escrita num papel sobre uma mesa em algures...

Fernando disse...

A sério?
Que coíncidência! Eu "roubei" esse papel duma outra mesa...

Essa frase foi escrita a propósito da palavra "brutal" que costa do artigo intitulado "CGTP-IN - Do “sindicalismo unitário” à unidade no sindicalismo", publicado no Jornal Público, e que aqui dei nota em post de 27 de Novembro de 2008...

É uma frase com muitas leituras...

Tongzhi disse...

É a tal coisa do copo...
Para uns meio cheio, para outros meio vazio!!!

Bom Natal!!!